sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Estudo indica como se formaram primeiros sólidos do Sistema Solar.


Um estudo divulgado nesta quinta-feira (01/11) na revista Science indica que os primeiros materiais sólidos do Sistema Solar, chamados de côndrulos e de "inclusões ricas em cálcio e alumínio" (CAIs, na sigla em inglês), se formaram na mesma época, há 4,567 bilhões de anos. Estudos anteriores indicavam que os côndrulos começaram a se formar de um a dois milhões de anos após os CAIs, o que indicava que podem ter ocorrido dois mecanismos separados ou fontes de calor na formação desses materiais.

Antes da formação do que hoje conhecemos como Sistema Solar, tínhamos um grande disco protoplanetário - um conjunto de gás. Aos poucos, foram formados grãos de poeira que, ao se aglomerar, dariam origem aos gigantescos planetas, asteroides e outros corpos. "O único registro dos estágios de formação do nosso Sistema Solar vem dos primeiros sólidos preservados do disco protoplanetário e que agora residem em CAIs e côndrulos milimétricos presentes em meteoritos", explica o artigo assinado por pesquisadores da Dinamarca, Havaí e Rússia.

Os pesquisadores afirmam ainda que os dados indicam que a formação desses materiais foi rápida (em escala cósmica) - durou cerca de 3 milhões de anos. "CAIs se formaram como finos grãos condensados em uma nuvem de gás de composição parecida com a do Sol e em um ambiente de alta temperatura - acima de 1,3 mil °C (...) Em contraste, a maioria dos côndrulos representa agregados de poeira aglutinada que foram rapidamente fundidos e esfriados em regiões de menor temperatura - menos que 727°C - e muita pressão", diz o artigo.

O estudo indica que esses processos são similares a alguns observados em outros discos protoplanetários observados por telescópios - o que indica que os eventos de formação de côndrulos e CIAs não foi exclusivo do Sistema Solar.

Fonte: Portal Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário